By Salgado on 16th setembro

2e1ax_timeless_entry_dicas-curriculumO mercado de TI é um dos que mais crescem anualmente, mas além do aumento de oportunidades, a concorrência para esta área também é grande.

Em meio a este cenário, obter destaque vai além de estar tecnicamente preparado para atuar em determinada função e desta forma, o profissional de TI deve ter inicialmente um currículo atrativo aos olhos dos recrutadores, para que as oportunidades de entrevistas possam surgir.

Pensando nisto, separamos boas dicas para que você possa elaborar um currículo de qualidade e consequentemente se destacar nas oportunidades de TI. Confira!

Criando um currículo matador em 10 passos

1. Atenção na linguagem

O uso correto da linguagem em um currículo para a área de TI vai além de evitar erros gramaticais. Isto significa que ao elaborá-lo é preciso avaliar que este poderá passar pelas mãos de diversos tipos de pessoas (com conhecimentos técnicos ou não) como Analistas de RH, Gestores de TI, CIO, entre outros. Desta forma, é preciso desenvolver um currículo com linguagem adequada para todos que poderão recebê-lo.

2. Otimize o tamanho do currículo

Desenvolver um currículo com tamanho ideal pode ser um grande desafio para muitos candidatos. A dica aqui é otimizar o tamanho do currículo que neste caso, não deve ter mais do que duas páginas. Caso o seu fique muito extenso, recomenda-se reduzir algumas frases e utilizar palavras menores porém, sem perder o contexto da informação.

3. Seja objetivo

Especificar o cargo e a área que deseja atuar é ideal para que currículo tenha melhores chances de ser selecionado, além de demonstrar que o candidato possui perspectivas em relação a sua carreira.

Outro ponto importante é evitar inserir diversos cargos pretendidos. Exemplo: se você deseja atuar como analista de infra-estrutura, evite inserir também outros cargos como programador, analista de segurança, entre outros.

4. Inclua atividades extras

Incluir atividades extras e hobbies no currículo também pode ser um recurso interessante, porém recomenda-se só incluir estas informações caso sejam relevantes para a ocasião. Se você promove aulas de informática ou participa de alguma atividade que possa envolver a área de TI, esta é uma ótima oportunidade para expor estas informações aos recrutadores.

5. Descreva sua personalidade

Descrever brevemente a sua personalidade é um fator válido para ser agregado ao currículo. Neste caso, recomenda-se inserir pontos que realmente possam fazer diferenças para a vaga. Para este tipo de descrição, é fundamental ser honesto, realista e não expor qualidades que você não possui.

6. Demonstre vontade de aprender

Seja para um cargo de estagio ou até mesmo para supervisionar uma equipe de TI, é interessante que o candidato deixe claro a sua vontade de adquirir novos conhecimentos e habilidades, mesmo já possuindo uma boa experiência na área. Este tipo de informação tende a agregar muito valor, já que demonstra que o profissional pretende evoluir em sua carreira.

7. Destaque o domínio de outros idiomas

O domínio de outro idioma é praticamente obrigatório dentro da área de TI e neste caso, é fundamental inserir esta informação no currículo, já que este quesito é um dos mais solicitados entre os recrutadores. Nesta etapa também é essencial ser honesto e inserir somente o que você realmente conhece.

8. Destaque as certificações

Assim como o domínio de outros idiomas, as certificações também possuem grande relevância para o profissional de TI. Desta forma, se você possui quaisquer certificações, recomenda-se destacá-las no campo de cursos complementares, pois com certeza terá um grande peso no recrutamento.

9. Evite o excesso

Um currículo precisa agradar aos olhos do recrutador antes mesmo de ser lido. Isto significa que detalhes como formatação e demais informações devem ser utilizadas de maneira adequada. Para esta dica temos as seguintes recomendações:

  • Evite letras grandes ou muito pequenas;
  • Destaque somente os títulos e subtítulos;
  • Insira foto no currículo somente se a empresa solicitar;
  • Não inclua número de documentos, data de nascimento ou informações irrelevantes;
  • Não insira o famoso título “Currículo Vitae” em seu currículo.

10. Revise os dados

Além das dicas citadas anteriormente, um bom currículo precisa ser revisado para se certificar que informações importantes não fiquem de fora. Nesta etapa final recomenda-se fazer um checklist como este:

  • Dados pessoais (nome completo, idade, endereço, telefone e e-mail)
  • Objetivo profissional
  • Formação acadêmica
  • Conhecimento em Idiomas (caso possua)
  • Cursos realizados
  • Conhecimentos específicos de TI

Conquistar boas vagas no mercado de TI vai além da preparação técnica. Deste modo, um currículo adequado tende a obter destaque no momento da seleção para uma entrevista e aumentará as chances do profissional conquistar a vaga desejada.

Vale destacar também a necessidade de manter o currículo atualizado conforme você for adquirindo novos conhecimentos e experiências. Desta forma, as chances de alavancar a carreira de profissional em TI serão ainda maiores.

Fonte: Escola Linux

Autor: Paulo Oliveira

https://www.escolalinux.com.br/blog/voce-e-profissional-de-ti-confira-10-dicas-para-elaborar-um-curriculo-matador

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *