By Salgado on 9th março

Na TV, nos jornais, no rádio ou na internet, não importa o meio, crise é a palavra do momento. O problema é que esta pequena palavra de 5 letras traz consigo uma infinidade de outras indesejáveis expressões como desemprego, inflação, juros altos, desaceleração da economia, etc. É diante deste cenário que vemos a necessidade de nos reinventarmos para não sofrermos tanto com as consequências deste período.

Entre tantas consequências de um momento de crise, talvez o que mais assuste seja o desemprego. Se com o salário garantido no final do mês as contas já andam apertadas, sem ele a situação fica ainda pior. Em um mercado tradicionalmente concorrido e agora ainda com menos vagas, como se dar bem na busca por um emprego? Para muitos brasileiros a saída tem sido investir no próprio negócio.

De acordo com uma pesquisa feita pela “Global Entrepreneurship Monitor”, atualmente 34 em cada 100 brasileiros possuem empresa ou estão abrindo seu próprio negócio. Há 10 anos atrás, eram 23. Para se ter ideia de como os brasileiros têm sonhado com isso, uma pesquisa do SEBRAE revelou que o número de pessoas que sonham em abrir o próprio negócio ultrapassou o daqueles que querem ter um plano de saúde, os que querem um diploma de curso superior e os que almejam uma carreira de sucesso dentro de uma empresa. Soma-se a isso o crescente número de demissões no país, o que faz com que para muitos a saída seja o empreendedorismo.

A tão falada crise ainda não deu indícios do seu enfraquecimento, o que mantem no ar um constante clima de preocupação com o dia de amanhã. Diante deste cenário, talvez seja a hora de você começar a pensar que ter o próprio negócio pode ser uma boa. Reflita, analise, estude. Mesmo que você esteja empregado, talvez o seu grande talento profissional seja empreender. Pense nisso.

O SEBRAE possui cursos e planilhas para auxiliar quem deseja abrir o próprio negócio. Veja a lista do que você precisa saber antes de começar seu empreendimento:

  1. Saiba que negócio abrir
  2. Veja se você tem perfil
  3. Reúna informações sobre o negócio
  4. Organize-se
  5. Descubra se o negócio é viável
  6. Coloque a mão na massa

Já se você tem certeza de que sua carreira está no rumo certo, talvez seja hora de encontrar um emprego melhor: http://goo.gl/PkdZl7


Autor: Salgado / CEVIU

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *