By Salgado on 8th outubro

É bom se sentir valorizado pelo seu chefe. Melhor ainda é se sentir o prestígio de ouvir que você se tornou indispensável na empresa. Isto cria a sensação de segurança e estabilidade no emprego que tantas pessoas buscam. Mas e se você se tornou tão essencial no seu trabalho que não consegue mais crescer profissionalmente?

Muitas vezes, um funcionário se encontra em uma situação em que ele é tão especializado que ninguém mais pode fazer o que ele faz. Ou, o chefe torna-se tão dependente dele que não consegue mais mover-se sem chamar sua atenção. Se você está passando por isso nesse momento e está feliz com tudo isso, ótimo. Alguns trabalhadores preferem especializar-se e terem uma carreira mais tranquila e não há absolutamente nada de errado com isso. Porém, caso você esteja perdendo promoções por conta disso ou abrindo mão de projetos interessantes fora do trabalho, é hora de mudar.

“Sim, você pode ser essencial em seu trabalho, porém, pode ficar rotulado por fazer apenas uma função”, diz Angelo Kinicki, especialista em cultura organizacional do departamento de gestão da Universidade Estadual do Arizona nos EUA.

Procure ajuda de outros

Em um cenário favorável, seu chefe vai ficar feliz se você procurá-lo para falar sobre sua preocupação em se tornar um profissional “estático”.  No entanto, há uma chance de que seu chefe ficar chateado com você por tocar no assunto. Se isso acontecer, não tenha medo. “Se o gestor não vai fazer nada para corrigir a situação, sugiro conversar com o chefe do seu chefe ou alguém da área de recursos humanos”, diz Kinicki. “A incapacidade de agir de sua parte poderá levá-lo à estagnação ainda mais, o que é muito prejudicial para sua carreira.”

Não sacrifique sua reputação para um aumento

Mitch Ellis, diretor-gerente da empresa de recrutamento Sanford Rose Associates – St. Louis, da uma dica para quando seu chefe não quiser colaborar nestes casos: “A melhor hora de procurar um emprego é quando você tem um. Você é responsável por gerir a sua própria carreira. Não deixe o mundo passar por você, ou um dia você pode acordar e descobrir que você não é mais ‘essencial’. ”

*Este artigo é uma adaptação da versão publicada no blog da CareerBuilder, grupo do qual o Portal CEVIU faz parte.

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *