By Salgado on 11th agosto

secret-CEVIUO app da moda nos smartphones dos brasileiros é o Secret.  Disponível oficialmente no país desde maio, o aplicativo permite que o usuário faça postagens anônimas e seus amigos, também de forma anônima, possam comentá-las.

O Secret tinha tudo para ser “apenas” um app de sucesso não fosse a forma como alguns de seus usuários passaram a utilizá-lo. Ao invés das postagens anônimas sobre si mesmos ou o que pensam, usuários têm utilizado o aplicativo para postar segredos de outras pessoas, citando seus nomes, o de envolvidos e até mesmo fotos.

Para evitar que novas pessoas sejam vítimas do que acontece no Secret, um grupo de 10 pessoas que se sentiram lesadas por publicações no aplicativo, se uniram para tirar o Secret do ar no Brasil. Liderados pelo consultor de marketing Bruno de Freitas, o grupo contratou uma advogada para pedir a remoção do Secret no país. Um das vítimas disse em entrevista à Folha de S. Paulo que foi exposta ao publicarem fotos suas nua, com seu nome, local de trabalho e com a informação de que ela era portadora do vírus HIV.

Gisele Arantes, advogada que representa o grupo, disse que a remoção do Secret no Brasil se baseia no Marco Civil, uma vez que permite o anonimato para denegrir outras pessoas, além de ter seus termos de uso somente em inglês. O Secret se defende dizendo que considera inaceitável este tipo de conduta e que possui uma equipe voltada exclusivamente para a análise de conteúdo. O app ainda ressalta que marcar uma publicação como imprópria é muito fácil, o que torna a remoção destes conteúdos ágil.

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *