By Salgado on 10th fevereiro

XiaologoChamada de “Apple chinesa”, a Xiaomi, fabricante chinesa de smartphones, fones e outros equipamentos eletrônicos está prestes a desembarcar no Brasil. Na última sexta-feira a empresa publicou uma brincadeira citando o país: “Põe mais água no feijão que já estamos chegando”, seguido da mensagem: “É… acho que seria mais fácil cavar um buraco até o Brasil. Pre-pa-ra!”.

As mensagens não foram por acaso. Além da Xiaomi chegar no país ainda no primeiro semestre deste ano, o vice-presidente da empresa é o brasileiro Hugo Barra, ex-diretor do Google. Apesar dos esforços, a marca ainda não é muito conhecida pelo público brasileiro. A página da empresa no Facebook destinada ao Brasil conta com pouco mais de 3.000 fãs. O primeiro smartphone a ser comercializado pela Xiaomi por aqui será o Redmin Note 4G, já homologado pela Anatel desde dezembro de 2014.

FBXiaomi

Com apenas 4 anos de mercado, a empresa chinesa já é a terceira do mundo em volume de vendas de smartphones, atrás apenas de Apple e Samsung. Só no ano passado, as vendas da Xiaomi cresceram 227%. Pela simpatia e pelos números, a chinesa chegará por aqui fazendo barulho.

Autor: Salgado / CEVIU

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *