By Salgado on 1st julho

Não é novidade para ninguém que a grande maioria dos profissionais de TI são homens. No Google por exemplo, a mão de obra feminina corresponde a apenas 30% do quadro de funcionários da empresa. No Facebook o cenário é ainda pior, onde as mulheres são apenas 15%. Foi com o intuito de reverter este cenário que o Google anunciou que vai bancar cursos de programação para mulheres de todo o mundo.

De acordo com o Google, os cursos serão on-line e realizados na Code School e as interessadas devem se inscrever através de um formulário. De acordo com Gregg Pollack, diretor da Code School, a ideia da parceria entre a escola e a empresa é a de desenvolver as habilidades técnicas de mulheres de todo o mundo interessadas em programar.

O Google já reserva parte de seus investimentos para as mulheres. Cerca de 50 milhões de dólares serão destinados este ano para a capacitação de mulheres no mercado de TI. É o Google fazendo a parte dele.

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *