By Salgado on 3rd fevereiro

CEVIU bugMário Gomes de Souza é um estudante de 22 anos do quarto período de Engenharia da Computação na PUC de Goiânia. O que difere Mário dos seus colegas é que ele paga sua faculdade com um trabalho bem peculiar: ele é um caçador de bugs.  O jovem já recebeu mais de 100 prêmios em dinheiro por descobrir falhas na internet. “Um único prêmio pode pagar dois meses da minha faculdade”, diz Mário.

Segundo o estudante, somente o PayPal já o premiou 30 vezes durante sua participação no programa global de recompensas da empresa, o Bug Bounty Program. Mário diz ainda que no início era mais fácil ganhar dinheiro com este tipo de negócio, uma vez que haviam menos “caçadores de bugs” e mais bugs a serem descobertos, mas que ainda assim vale a pena.

O estudante que hoje tem 22 anos, diz que começou a mexer com computadores quando tinha 12 anos. Atualmente Mário passa os finais de semana procurando bugs na web. Quando não está estudando ou exercendo seu lucrativo hobby, ele trabalha com a venda de firewall de segurança.

Autor: Salgado / CEVIU

Via: IDG Now

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *