By Salgado on 14th março

[update] O Juiz Evandro Carlos de Oliveira, da 7ª Vara  de Fazenda Pública de São Paulo, suspendeu a decisão do Procon-SP de tirar do ar por 72 horas os sites Americanas.com, Submarino e Shoptime. Segundo o juiz, “a suspensão das atividades da empresa lhe traria danos de difícil reparação e inexiste prejuízo no deferimento da liminar, visto que a penalidade pode, ao final do processo, ter sua validade reconhecida”.

A assessoria de imprensa do grupo B2W, responsável pelos sites, afirma que tem trabalhado intensamente para resolver as questões relacionadas às reclamações de seus consumidores. De acordo com a empresa, houve uma queda de 27,9% no número de reclamações entre o primeiro e segundo semestres de 2011. A Fundação Procon-SP ainda não se manifestou sobre a decisão da justiça.[/update]

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo determinou através da Fundação Procon – SP a suspensão por 72 horas dos sites Americanas.com, Shoptime e Submarino, todos pertencentes ao grupo B2W Companhia Global de Varejo.

A partir de amanhã, dia 15, os três sites estarão impedidos de efetuar vendas no estado de São Paulo por 72 horas além de pagar multa de R$ 1,744 milhão. Em novembro o Procon de São Paulo já havia cogitado a possibilidade de tirar os sites do ar. Entre o segundo semestre de 2010 e o primeiro de 2011, o número de reclamações contra os sites saltou de 1.479 para 3.635 atendimentos, um aumento de 246%.

Para o diretor executivo do Procon, Paulo Arthur Góes, o volume de reclamações contra o0s sites do grupo B2W mostra descaso e desrespeito com o consumidor. “Fizemos várias tentativas chamando a empresa para o diálogo no Procon, mas o problema não foi resolvido” disse Góes.

A B2W ainda não se pronunciou sobre o assunto.

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *