By Salgado on 27th novembro

CEVIU-BlackO comércio brasileiro adotou de vez a Black Friday e se prepara para começar a partir da meia-noite desta sexta-feira suas promoções. Devido à fama de vender “tudo pela metade do dobro”, a Black Friday brasileira tem sido alvo de fiscalização por sites de comparação de preços e também por órgãos públicos como o Procon-SP. Tudo para garantir ofertas verdadeiras e evitar que os consumidores sejam lesados durante o dia de promoção.

Foi pensando em evitar dores de cabeça para quem quiser aproveitar a Black Friday que o Procon-SP atualizou sua lista de lojas não recomendadas aos consumidores. A lista conta com novos “participantes” e é bom dar uma olhada nela antes de sair por aí fazendo suas compras.

Confira:

449 lojas online que você deve evitar nesta Black Friday

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *