By Salgado on 29th julho

Um reportagem publicada pelo site da revista Exame, trouxe à tona os planos do ministro da Fazenda Joaquim Levy para compensar a forte queda da arrecadação do governo. Entre eles está a tributação da internet.

De acordo com Levy, os impostos atingiriam serviços online como hospedagem de sites, portais de conteúdo e também de entretenimento. Para justificar o plano de tributar o setor, o ministro disse que muitos provedores concentram suas operações fora do país, o que torna a tributação de seus serviços mais difícil. O mesmo vale para outros serviços online que preferem ter seus registros ou inscrições de operação em países cuja carga tributária é menor que no Brasil.

Joaquim Levy não deixa claro quando e de que forma a nova tributação entrará em vigor. Resta aguardar e esperar pelo pior já que quando o governo aumenta impostos de empresas, as mesmas acabam repassando os custos para o consumidor.

Autor: Salgado / CEVIU

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *