By Salgado on 30th dezembro

Estamos prestes a começar 2014 e além de esperar por novidades no mundo da tecnologia e internet, vale refletir sobre serviços como o WhatsApp que se tornaram extremamente populares e também relembrar alguns serviços que saíram de cena em 2013.

Para lembrar de alguns deles, segue uma lista de serviços que foram descontinuados em 2013. Será que algum deles faz falta?

MSN – Depois do mIRC e do ICQ, foi a vez do MSN ser o software preferido para a troca de mensagens instantâneas. Porém, ao contrário dos antecessores, ele teve muitos anos de vida sem ameaças, até a chegada de concorrentes como Skype, Facebook Messenger e WhatsApp. Em 2013 os usuários do MSN foram direcionados para o Skype.

iPhone original – Mesmo sem ser vendido pela Appel, o primeiro iPhone – lançado em 2007 – ainda recebia suporte da marca. Este ano a Apple informou que não daria mais suporte ao aparelho.

Winamp – O player mais popular dos anos 1990 saiu de linha no dia 20 de dezembro. O Winamp marcou época com sua variedade de skins e vários ajustes para a qualidade do som.Googe Reader – O Google resolveu descontinuar o seu leitor de feeds. Apesar de existirem outros leitores, muitos usuários lamentaram o término do serviço.

PlayStation 2 -No mercado desde o ano 2000, o PlayStation 2 foi o console mais popular da história. Até hoje é um dos campeões de vendas de jogos piratas no mundo. Ao todo, foram comercializados mais de 150 milhões de aparelhos.

Formspring – Apesar dos 12 milhões de usuários, o serviço de perguntas e respostas durou pouco mais de 3 anos.

Nexus Q – Com a ideia de ser um concorrente para a Apple TV, o serviço foi retirado da Google Play com a justificativa de ser aprimorado, porém o Nexus Q nunca mais foi colocado à venda.

Google Buzz – Mesmo tendo anunciado seu fim em 2011, o Google Buzz, criado para ser semelhante ao Twitter só saiu de cena em 2013 e parece não ter deixado saudades.

Symbian – Com a chegada do iPhone e dos aparelhos equipados com Android, o Symbian que esteve presente em muitos aparelhos como o Nokia N95 foi perdendo espaço até sair de linha. A empresa anunciou o fim do sistema este ano.

iGoogle – Em novembro de 2013 o Google encerrou seu serviço de páginas iniciais personalizadas. Apesar da ideia ser boa, ela nunca foi um sucesso.

Altavista – O primeiro mecanismo de buscas da internet não conseguiu sobreviver aos seus concorrentes. Após o surgimento do Google, as coisas já ficaram complicadas, porém, só em julho deste ano o Yahoo!, dono do Altavista, tirou o serviço do ar.

Coby – A fabricante de produtos eletrônicos fechou as portas sem dar maiores explicações. O caso foi levado a justiça por milhares de consumidores nos EUA donos de produtos da marca.

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *