Oferta do Twitter teria motivado a compra do Instagram pelo Facebook

Pouca gente sabe mas a compra relâmpago do Instagram pelo Facebook foi motivada pela concorrência de outra rede social interessada no aplicativo, o Twitter. No início do mês Mark Zuckerberg pagou 1 bilhão de dólares pelo aplicativo sensação do momento.

De acordo com o site Venture Beat, Kevin Systrom e Jack Dorsey, CEOs do Instagram e do Twitter respectivamente, vinham negociando a transação na casa das centenas de milhões de dólares. Ainda de acordo com o site, ao saber que o Instagram tinha em mãos uma proposto oficial de compra vinda do Twitter, Zuckerberg agiu rápido, cobriu a oferta e adquiriu a empresa criadora do aplicativo.

Mark Zuckerberg foi quem negociou e bateu o martelo na compra do Instagram. Nos bastidores, pessoas próximas do criador do Facebook dizem que ele fez questão de assumir as negociações por temer que o Instagram fosse comprado por uma plataforma concorrente, como o Twitter. Além de evitar que um aplicativo de sucesso “caia em mãos erradas”, Zuckerberg valoriza ainda mais a marca do Facebook, prestes a abrir seu capital na bolsa de valores.

Com a compra do Instagram, o Facebook aumentou sua presença no aquecido mercado de plataformas mobile – o Instagram foi eleito o melhor aplicativo da AppStore em 2011. Já os fundadores do aplicativo de 1 bilhão de dólares, levaram pra casa dinheiro e ações da maior rede social do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>