By Salgado on 2nd fevereiro

CEVIUgrana-250x242Se as previsões econômicas para 2015 são ruins para a maioria das pessoas, quem trabalha com TI não tem do que reclamar. Pelo menos é o que mostra uma pesquisa da CareerBuilder feita em novembro e dezembro de 2014 com 145 empregadores. Mais da metade deles (54%) planejam contratar em definitivo empregados de TI contratados temporariamente e quase 10% vão aumentar os salários dos empregados atuais. Três em cada quatro empregadores irão oferecer salários mais altos também para os novos empregados.

Além da contratação de mais trabalhadores em período integral, 59% dos empregadores ainda tem planos para contratar outros funcionários temporários. A perspectiva econômica também parte dos funcionários. Para 78% dos profissionais de TI entrevistados a empresa em que trabalham está melhor financeiramente do que um ano atrás.

“À medida que as empresas confiam mais em tecnologia para informar as decisões de negócios, melhorar os serviços e manter-se competitivas, elas precisam de funcionários com as habilidades para navegar nas cada vez mais complexas tecnologias que estão em desenvolvimento”, disse Eric Presley, diretor de tecnologia da CareerBuilder. “Com isso em mente, os empregadores estão se concentrando em maneiras de superar a lacuna de competências em suas organizações, de investir na educação dos trabalhadores para seduzir talento com salários mais elevados e mais flexibilidade.”

Top Trends indústria de TI Recrutamento para 2015

Do aumento de salários ao financiamento da educação, as empresas se desdobram para atrair e reter funcionários altamente qualificados. A pesquisa deste ano descobriu seis grandes tendências de recrutamento de TI para 2015:

1. Salários: Quase 9 em cada 10 empregadores de TI (84%) planejam aumentar salários para empregados existentes, o que mostra uma tendência do mercado no setor.

2. Recrutamento: A maioria dos empregadores de TI (70%) planeja contratar recém-formados em 2015, e 52% esperam contratar estagiários.

3. Contratação de aposentados: Mais da metade dos empregadores de TI (53%) dizem que contrataria profissionais aposentados em 2015.

4. Recrutamento contínuo: Três em cada cinco empregadores de TI (61%), buscam por profissionais continuamente, mesmo quando não existem vagas abertas.

5. Ensino Superior: Metade dos empregadores de TI (50%) estão dispostos a investir na capacitação de seus funcionários. Sendo que destes, 23% aceitam pagar o valor integral de cursos ou especializações que seus funcionários podem vir a fazer.

6. Flexibilidade: Três em cada cinco empregadores de TI (60%) vão oferecer aos empregados condições de trabalho mais flexíveis em 2015.

Onde é o talento?

Para 62% dos empregadores do setor da TI, há uma diferença significativa entre a qualificação dos profissionais disponíveis no mercado e o tipo de qualificação que o mercado demanda.  Outros 48% por cento têm posições em aberto para os quais eles não conseguem encontrar candidatos qualificados. Mais da metade (54%) têm vagas de emprego que ficam abertas por 12 semanas ou mais.

Metodologia da Pesquisa

Esta pesquisa foi realizada online dentro os EUA por Harris Poll, em nome da CareerBuilder entre 145 gerentes de recursos humanos e profissionais de recursos humanos da indústria de TI. Com uma simples amostra probabilística de 145, pode-se dizer, com uma probabilidade de 95% que os resultados globais têm uma margem de erro de +/- 8,14 pontos percentuais.

Sobre CareerBuilder®

CareerBuilder é a líder global em soluções de capital humano, ajudando as empresas alvo e atrair grandes talentos. Seu site de carreira online, CareerBuilder.com®, é a maior nos Estados Unidos com mais de 24 milhões de visitantes únicos e 1 milhão de postos de trabalho. CareerBuilder trabalha com as melhores empregadores do mundo, oferecendo tudo de inteligência de mercado de trabalho para software de gestão de talentos e outras soluções de recrutamento. Possuído por Gannett Co., Inc. (NYSE: GCI), Tribune Company e a empresa McClatchy (NYSE: MNI), CareerBuilder e suas subsidiárias operam nos Estados Unidos, Europa, América do Sul, Canadá e Ásia. Para obter mais informações, visite www.careerbuilder.com.

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *