By Salgado on 22nd abril

 Cada vez mais as empresas se preocupam com os processos de contratação de seus funcionários. Uma recente pesquisa feita pela CareerBuilder, maior site de empregos do Estados Unidos e que recentemente adquiriu o Portal CEVIU, revelou que uma má contratação pode custar muito caro para uma empresa.

A CareerBuilder entrevistou centenas de  empregadores nas 10 maiores economias do mundo. Para mais da metade deles, uma má contratação pode impactar diretamente na receita da empresa além de poder interferir no trabalho dos demais funcionários e em sua relação com os clientes. Para Matt Ferguson, CEO da CareerBuilder, “tomar uma decisão errada a respeito de uma contratação pode ter várias consequências negativas em toda a organização. Quando você soma a isso a perda de oportunidades de vendas, clientes e relações tensas com funcionários, potenciais questões legais e os recursos para contratar e treinar novos funcionários, o custo pode ser considerável”. Para Ferguson, é por conta disso que cada vez mais as empresas tem gastado mais tempo nos processos de contratação de seus empregados.

Segundo os números levantados pela pesquisa, nos Estados Unidos 27% dos empregadores afirmaram que uma única contratação errada custou mais de 50 mil dólares para suas empresas. Na Europa, o número aumenta e 29% das empresas gastaram este valor devido a uma contratação mal feita. Índia e China também afirmaram ter prejuízos próximos dos 50 mil dólares com contratações que não deram certo.

Além de levantar os números citados acima, a pesquisa da CareerBuilder também foi capaz de fazer uma projeção dos países que mais serão afetados pelas más contratações no futuro. Para isto, ela se baseou no número de empregadores dispostos a aumentar a contratação de funcionários. De acordo com este levantamento, os países que mais correm o risco de ter empresas prejudicadas com más contratações são:

  • Russia – 88%
  • Brasil – 87%
  • China – 87%
  • Índia – 84%
  • EUA – 66%
  • Itália – 66%
  • Reino Unido – 62%
  • Japão – 59%
  • Alemanha – 58%
  • França – 53%

Confira a seguir outros números da pesquisa. Neles você confere a porcentagem de empregadores entrevistados que disseram ter suas empresas afetadas em cada um dos itens listados:

Perda de produtividade

  • China – 57%
  • Rússia – 45%
  • Índia – 42%
  • Brasil – 40%
  • EUA – 36%
  • Itália – 31%
  • Japão – 28%
  • Alemanha – 25%
  • Reino Unido – 23%
  • França- 15%

O moral dos funcionários foi afetado negativamente

  • China – 37%
  • EUA – 32%
  • Alemanha – 31%
  • Japão – 31%
  • Índia- 25%
  • Rússia – 24%
  • Brasil – 23%
  • Itália – 23%
  • Reino Unido -22%
  • França – 19%

Impacto negativo no relacionamento com o cliente

  • China – 32%
  • Índia – 25%
  • Rússia -22%
  • Brasil -21%
  • Itália – 20%
  • EUA – 18%
  • Alemanha – 17%
  • França – 17%
  • Reino Unido – 16%
  • Japão – 13%

Queda nas vendas

  • China – 24%
  • Índia – 24%
  • Rússia – 22%
  • Japão – 13%
  • Reino Unido – 12%
  • França – 11%
  • Brasil – 11%
  • Reino Unido – 10%
  • Alemanha – 9%
  • Itália – 9%

Custo para recrutar e treinar um outro trabalhador

  • Brasil – 35%
  • EUA – 31%
  • Índia – 31%
  • China – 30%
  • Rússia -29%
  • Itália – 23%
  • Reino Unido – 22%
  • Alemanha – 15%
  • França – 12%
  • Japão – 11%

Encontre agora milhares de vagas: http://goo.gl/OFWA3X

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *