By Salgado on 1st abril

TidalSem dúvida alguma que os serviços por streaming foram uma das grandes revoluções do mundo da internet nos últimos anos. Assistir a vídeos e séries pela Netflix ou ter acesso ao acervo gigantesco de serviços como o Spotify, por exemplo, são atividades cada ganham cada vez mais adeptos. O problema é que uma das partes envolvidas em toda esta engrenagem não está satisfeita: os músicos.

Se por um lado os estúdios de cinema e os canais de TV veem o streaming pago como uma alternativa no combate à pirataria, o mesmo não se pode dizer dos profissionais da música. A começar por Taylor Swift que retirou suas músicas do catálogo do Spotify por considerar baixa a remuneração oferecida pelo serviço aos artistas, há ainda quem seja totalmente contra a opção de utilizar estes serviços no modelo gratuito. Foi pensando nisso que o multimilionário rapper Jay-Z lançou o Tidal. Um serviço de streaming de música que funciona de um jeito um pouco diferente das opções mais populares da atualidade.

O Tidal é um serviço que já existia, porém possuía apenas 17 mil usuários pagantes -a título de comparação, o sueco Spotify possui 60 milhões de usuários sendo que 15 milhões deles são assinantes. Comprado por Jay-z por 56 milhões de dólares o Tidal agora tem uma nova proposta. O serviço agora funciona com dois tipos de assinatura, uma de US$ 9,99/mês que da direito a qualidade standard de áudio e outra de US$ 19,99/mês para ter som de alta fidelidade, ou seja, não existe opção gratuita do serviço. Segundo o rapper a ideia é valorizar e proteger a música. Por mais que os serviços gratuitos dos concorrentes tenham limitações, o grupo de artistas liderados por Jay-Z considera abusiva a opção de usuários não pagarem pelos serviços, e é neste aspecto que o Tidal quer se destacar.

Para fazer barulho no lançamento, Jay-Z convidou um time de respeito para uma reunião. Nomes como Madonna, Coldplay, Rihanna, Daft Punk, Beyoncé e Usher foram vistos no lançamento do Tidal. Confira no vídeo abaixo:

Autor: Salgado / CEVIU

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *