By Salgado on 28th janeiro

A primeira etapa das negociações entre trabalhadores e empresários do setor da TI em Sâo Paulo terminou sem acordo. A reunião realizada na semana passada não foi capaz de selar o acordo em relação ao aumento cobrado pelo sindicato dos profissionais de TI.

O aumento proposto pelos trabalhadores foi de 10,09% enquanto os empresários ofereceram somente 5,65% de reajuste. Além disso, houve divergência quanto ao reajuste do vale-refeição. Os trabalhadores queriam que o vale tivesse o valor reajustado para R$ 20 por dia. Já os empresários ofereceram um aumento que faria com que o vale de R$ 12 fosse para R$ 13.

Para Antônio Neto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd), a reunião foi encerrada quando o sindicado decidiu que não aceitaria nenhum acordo que não ampliasse os direitos e benefícios dos profissionais da categoria. “É inadmissível que, ante a um crescimento 5% superior ao crescimento do PIB, os empresários do segmento apresentem um reajuste que praticamente se iguala à inflação. Que não queiram repassar aos trabalhadores parte da expansão do setor que vem acontecendo ano a ano” afirmou Neto.

Ainda não há informações sobre a nova rodada de negociações entre as partes que estaria marcada para os próximos dias.

Encontre agora milhares de vagas em TI: http://goo.gl/rwxQzG

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *