By Salgado on 13th fevereiro

CEVIUministerio-saude-tinder2O Ministério da Saúde brasileiro encontrou uma forma criativa e eficaz de alertar as pessoas sobre os riscos do sexo sem proteção. Aproveitando a proximidade do carnaval, uma época marcada pelas relações sexuais casuais, o MS inovou ao usar o Tinder e o Hornet, dois aplicativos que servem para conectar pessoas em busca de novos relacionamentos, este segundo dedicado ao público gay.

Para interagir com os usuários dos aplicativos, o MS criou perfis falsos de homens e mulheres que se descreviam como pessoas em busca de sexo casual e sem camisinha. Em apenas 24 horas foram mais de 500 interações. Ao iniciar a conversa, os perfis do MS logo enviavam uma texto pronto alertando sobre os perigos do sexo sem camisinha e convidando o usuário a fazer um teste de HIV.

O vídeo com a ação foi divulgado na web pelo Ministério da Saúde e você pode conferir abaixo. O ponto negativo ficou por conta dos desenvolvedores do Tinder, que condenaram a ação do MS dizendo que o aplicativo não permite o uso indevido de propaganda. Já o Hornet apoiou a ideia e elogiou a ação.

Confira a seguir o vídeo:

Autor: Salgado / CEVIU

There are no comments yet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *